Como abordar a sustentabilidade no turismo?

Capa Guia NBR 15401

Como provavelmente você sabe a sustentabilidade é um tema complexo, pois conforme os pontos citados no artigo anterior “O que é turismo sustentável”, as dimensões da sustentabilidade “concorrem” entre si. Quando tomamos uma decisão sobre como minimizar o impacto negativo no meio ambiente, poderemos estar aumentando o impacto negativo do nosso negócio na dimensão econômica. Da mesma forma quando decidimos minimizar o impacto negativo sociocultural podemos, sem querer, aumentar o impacto negativo ambiental. Qual seria então a solução? Entender o conjunto de impactos negativos e positivos gerados com as atividades que desenvolvemos, para só então escolher que medidas e ações deveremos tomar. O ideal é implementar ações que contribuam ao mesmo tempo com a minimização de impactos negativos nas 3 dimensões da sustentabilidade. Contudo, como isto nem sempre é possível, devemos fazer escolhas conscientes colocando na balança o que naquele momento, parece ser o mais adequado.

Vejam, que a sustentabilidade também pode ser influenciada pelo contexto, ou seja, o local aonde as atividades são realizadas, o tipo de atividades, a forma de realização destas atividades, o tamanho da empresa que as conduz, o tamanho do impacto gerado, ou ainda, o momento em que estas atividades ocorrem. Isto nos mostra o quanto a sustentabilidade é algo complexo, fluido e que pode ser entendido de formas diferentes. Assim, nem todas as práticas sustentáveis aplicadas em empresas diferentes, de portes diferentes ou instaladas em locais diferentes produzirão o mesmo resultado.

Então, como ter um negócio sustentável? Tem uma maneira que pode ser implementada em qualquer tipo de empresa, seja esta um hotel de pequeno porte, um resort, um hotel fazenda, um restaurante ou bar, uma operadora de turismo, uma agência de viagem ou uma empresa de transporte (aéreo ou terrestre). Esta maneira, ou melhor, esta abordagem é a gestão da sustentabilidade, onde ser sustentável está diretamente conectado com as decisões empresariais. Tal forma de pensar e agir tem duas grandes vantagens: ser maleável o suficiente para todos os tipos de empresas e estar alinhado diretamente ao negócio, onde as decisões são tomadas com base nos recursos disponíveis e para os resultados econômicos, ambientais e/ou socioculturais desejados.

Para o caso de hotéis, a gestão da sustentabilidade pode ser obtida usando como referência a norma ABNT NBR 15401 – Sistema de gestão da sustentabilidade para meios de hospedagem – requisitos, que descreve os principais elementos para a gestão dos hotéis que querem ter como foco a sustentabilidade. A implementação da norma brasileira pode ser realizada de várias maneiras, mas a metodologia descrita no Guia de implementação (acesso o documento aqui no blog) já foi utilizada por centenas de hotéis no Brasil de todos os portes e tipos e pode ser uma boa forma de se iniciar este processo.

Assim, esta abordagem de gestão permite as empresas gerenciar a complexidade da sustentabilidade e contribuir com o desenvolvimento sustentável do turismo.

Um comentário sobre “Como abordar a sustentabilidade no turismo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s