Como praticar os 8 Princípios de turismo sustentável?

3CD077D8-D970-4E2A-B5B0-E2E915C128D3

Considerando os princípios de turismo sustentável, como as empresas e os destinos podem contribuir? Veja os exemplos:

1.      Gerenciar o turismo sustentável de forma eficaz Empresa

Considere como parte integrante da sua estratégia a sustentabilidade, pautando suas decisões nesta abordagem e se preocupando com os impactos das suas decisões.

Destino

Crie um grupo organizado, comitê ou conselho responsável com a participação da iniciativa privada e do setor público, que trabalhe com a abordagem de turismo sustentável. Este grupo deve ser adequado ao tamanho e à escala do destino, e tem responsabilidades definidas, supervisão e capacidade de implementação para a gestão das questões ambientais, econômicas, sociais e culturais.

2.      Garantir os direitos das populações locais

 

Empresa

Nas operações e práticas da organização respeite os direitos da comunidade local

Destino

Ofereça programas regulares para as comunidades envolvidas com o turismo, no intuito de melhorar a compreensão das oportunidades e desafios da atividade, bem como a importância da sua sustentabilidade; Dê apoio aos meios de subsistência e à diversidade cultural das comunidades locais, em virtude do turismo proporcionar uma alternativa às atividades não sustentáveis e por sensibilizar e conscientizar sobre questões relativas a conservação.

3.      Conservar o ambiente natural e a sua biodiversidade Empresa

Defina a capacidade de carga de visitação das áreas naturais e adote atividades que tenham um impacto ambiental mínimo, preservando as áreas naturais e protegendo a flora e a fauna durante a condução de seus negócios.

Destino

Faça considerações sobre políticas e programas que envolvem a proteção das áreas de Destino e estabeleça ferramentas relevantes de controle e gerenciamento derivadas de estudos sobre quaisquer impactos que envolvam a capacidade do visitante e o engajamento no gerenciamento relacionado ao bioma e à biodiversidade do ambiente natural. Utilize políticas públicas para estimular medidas para minimizar o consumo de água e energia, reduzir a geração de resíduos sólidos, tratar efluentes e conservar o ambiente natural onde eles realizam suas atividades.

4.      Considerar o patrimônio cultural e valores locais Empresa

Apoie e divulgue iniciativas para o conhecimento, a valorização, a preservação, o respeito e a promoção da cultura local.

Destino

Considere uma política e um sistema para avaliar, reabilitar e conservar os locais naturais e culturais, incluindo patrimônio construído (histórico e arqueológico) e as visitas rurais e urbanas.

5.      Estimular o desenvolvimento social e econômico dos destinos turísticos Empresa

Empregue, na maior extensão viável, trabalhadores (empregados, subcontratados ou autônomos) das comunidades locais ou regionais. Comprometa-se com o aproveitamento de pessoas e da produção local, incentivando a qualidade e sustentabilidade.

Apoie a capacite pessoas das comunidades locais para a prestação de serviços e fornecimento de insumos ou atividades complementares às da organização.

Privilegie a aquisição de produtos locais e estimule os turistas a consumi-los.

Destino

Incentive as empresas locais a proporcionar emprego para a população residente no destino, oportunidades de formação profissional, segurança no trabalho e salário justos para todos.

Apoie empresas locais de porte pequeno e médio, ajude na promoção e desenvolvimento de produtos locais sustentáveis e comércio equitativo, baseados na cultura da região.

Monitore a contribuição econômica direta e indireta do turismo para a economia do destino e relate para a população.

6.      Garantir a qualidade dos produtos, processos e atitudes Empresa

Estabeleça e mantenha procedimento para identificar as expectativas dos clientes em relação aos produtos e serviços oferecidos, e dar resposta consistente às reclamações e sugestões recebidas.

Destino

Monitore, previna e denuncie publicamente o crime, segurança e riscos para a saúde.

Monitore e reporte publicamente a satisfação do visitante e, se necessário, tome medidas para melhorar a satisfação do mesmo.

7.      Estimular a segurança nos destinos Empresa

Forneça produtos e serviços seguros, com foco na gestão dos riscos associados as atividades realizadas pelos turistas.

Estabeleça planos de emergência quando pertinente para atuar em situações indesejadas que afetem a segurança do turista.

Destino

Identifique os riscos e tome medidas para manter os ambientes seguros e adequados para o desenvolvimento do turismo.

Apoie e dê assistência ao turista em caso de situações indesejadas que afetem a sua segurança.

8.      Respeito à legislação

 

Empresa

Atenda e respeite a legislação vigente em seu Município, Estado e País, em particular com aquela relacionada com os impactos gerados pelo seu negócio. Planeje e implemente medidas para prevenir os impactos negativos das suas atividades na cultura local.

Destino

Considere a adoção de legislação que estimule o desenvolvimento sustentável do turismo, buscando minimizar os impactos negativos do turismo e potencializar os impactos positivos.